A PREMIVALOR Consulting assinala o início do trabalho de campo do primeiro Observatório da Natalidade e Envelhecimento em Portugal esta quinta-feira, 2 de julho, numa grande superfície comercial em Telheiras, Lisboa. Com o objetivo de efetuar um retrato abrangente e de referência sobre o impacto das duas temáticas na sociedade portuguesa, o evento de lançamento desta iniciativa – promovida pela PremiValor Consulting, empresa de consultoria de gestão portuguesa – conta com a presença de parceiros institucionais de relevo, como o GRACE, Direção Geral da Saúde, Sociedade Portuguesa de Geriatria e Gerontologia e Sociedade Portuguesa de Medicina da Reprodução, e ainda personalidades de referência nestas áreas.

“Numa época em assistimos ao aumento da esperança média de vida combinada com o decréscimo do índice sintético de fecundidade, em Portugal como em outros países europeus e ocidentais, o Observatório da Natalidade e Envelhecimento propõe-se explorar e analisar em profundidade estas duas importantes (e incontornáveis) temáticas, por forma a poder antecipar novos caminhos e formas de lidar com os impactos socioeconómicos e estruturais do envelhecimento da população”, afirma Telmo Francisco Vieira, parceiro da PREMIVALOR Consulting.

Compreender os fatores determinantes da natalidade em Portugal (indutores e redutores), mas também o impacto que as principais tendências ao nível do envelhecimento da população terão sobre as empresas e as organizações e, ainda, identificar oportunidades de melhoria e de promoção do envelhecimento ativo. Segundo acrescenta, o também docente do ISEG-Universidade de Lisboa, são estes alguns dos objetivos desta primeira edição do Observatório da Natalidade e Envelhecimento – PREMIVALOR.

A direção do projeto é de Telmo Francisco Vieira, partner da PremiValor Consulting e docente no ISEG-Universidade de Lisboa, estando a coordenação científica do estudo a cargo do Prof. Doutor Manuel Oliveira Carrageta, Presidente da Sociedade Portuguesa de Geriatria e Gerontologia contando também, com a coordenação técnica e científica da Prof. Maria João Quintela, ambos especialistas de referência em Geriatria e Gerontologia em Portugal.

A amostra deste estudo de referência baseia-se na realização, em diferentes regiões do país e através de entrevistas pessoais e diretas, de cerca de 3 mil questionários, 1700 dos quais dedicados à temática natalidade e 1300 ao envelhecimento. O estudo terá por base uma amostra por quotas, considerando como variáveis de controlo o local de residência, o sexo e a faixa etária dos respondentes. O número de questionários a aplicar em Portugal Continental, foi determinado de forma a garantir um intervalo de confiança a 95% com um erro máximo de 3% para a área do envelhecimento e, de 2,36% no caso da natalidade.

Os primeiros resultados sobre a temática do envelhecimento deverão ser apresentados no segundo semestre de 2015, altura em que será já possível conhecer com detalhe as principais diferenças, a nível nacional, no que respeita a necessidades e expectativas da população, bem como identificar oportunidades de melhoria – tendo em vista o envelhecimento ativo em Portugal.

Quanto à análise sobre a temática da natalidade, o Observatório da Natalidade e Envelhecimento – PREMIVALOR conta com a coordenação de Teresa Tomé, reconhecida especialista na área.

A equipa técnica que administrará o trabalho de campo é composta por elementos da PREMIVALOR Consulting com ampla experiência em estudos de âmbito nacional.

Embora o projeto se encontre numa fase inicial, o primeiro Observatório da Natalidade e Envelhecimento – PREMIVALOR conta, atualmente, com um conjunto de parceiros institucionais de referência: Ordem dos Médicos, Ordem dos Enfermeiros, Ordem dos Psicólogos Portugueses, Ordem dos Farmacêuticos, GRACE – Grupo de Reflexão e Apoio à Cidadania Empresarial, DGS -Direção Geral da Saúde, ISEG-School of Economics and Management, Universidade Nova de Lisboa, SPMR – Sociedade Portuguesa da Medicina da Reprodução, SPGG – Sociedade Portuguesa de Geriatria e Gerontologia, APP – Associação Portuguesa de Psicogerontologia, SPF – Sociedade Portuguesa de Fertilidade e RUTIS – Associação Rede de Universidades da Terceira Idade.

Sublinha-se, ainda que, a iniciativa em curso é totalmente independente e da inteira responsabilidade da PREMIVALOR Consulting, que no decurso da sua atividade, realiza diversos estudos socioeconómicos de caráter macro com interesse para a sociedade portuguesa.